INDÚSTRIA

Roçadeira Honda UMK 450, desenvolvida para uso profissional, chega às revendas de todo Brasil

Desenvolvida para enfrentar a realidade do uso profissional extremo no Brasil, a nova roçadeira Honda UMK 450 tem na robustez e economia do silencioso motor 4 tempos e 2 hp de potência, um aliado ideal para maior eficiência e produtividade*

Desenvolvida para enfrentar a realidade do uso profissional extremo no Brasil, a nova roçadeira Honda UMK 450 tem na robustez e economia do silencioso motor 4 tempos e 2 hp de potência, um aliado ideal para maior eficiência e produtividade*

Principais características da nova roçadeira Honda UMK450

  • Desenvolvida para uso profissional;
  • Motor 4 tempos de 2hp: maior eficiência de corte, menor consumo, poluição e vibração (em comparação com motores 2 tempos na mesma faixa de potência);
  • Dispensa adição de óleo ao combustível;
  • Disponível com lâmina de três pontas e fio de nylon;
  • Cabeçote de Nylon com grande capacidade (até 4,5 metros de fio de nylon) e tecnologia TAP & GO;
  • Rolamentos na ponteira de transmissão aumentando a vida útil;
  • Permite uso em qualquer posição (360º);
  • Cinto acolchoado, proporciona maior conforto e ergonomia.

A roçadeira Honda UMK450 é a mais nova roçadeira para uso profissional, que se destaca pela alta tecnologia e características técnicas exclusivas.

Única do mercado, com 2HP, dotada de motor 4 tempos -(com funcionamento em qualquer posição)– tecnologia que agrega maior economia de combustível à manutenção mínima – apresenta funcionamento mais suave, com baixo índice de ruído e vibração-. Tais características aliadas à exata ergonomia da barra de comando e cinto acolchoado reduzem a quantidade de pausas no trabalho, permitindo uso intensivo contínuo e consequente ganho de produtividade.

Por dispensar adição de óleo ao combustível, obrigatório nas roçadeiras equipadas com motor 2 tempos, o robusto motor Honda de 50cm3 e 2 hp de potência apresenta ínfima emissão de poluentes e fumaça, aspecto positivo para o meio-ambiente e conforto do operador.

Equipada com lâmina de três pontas, para cortes em gramas mais altas, e fio de nylon, para gramíneas e acabamentos, – ambos fornecidos pela Honda–, O cabeçote de Nylon com tecnologia TAP&GO (4,5 metros de fio redondo de 3mm ou 4 metros de fio quadrado de 3,2mm) da roçadeira Honda UMK450 proporciona menor número de paradas para a reposição do fio de corte, o que resulta em maior eficiência de corte, se tornando a opção mais rentável para seu profissional.

A tecnologia empregada no sistema de lubrificação interna do motor 4 tempos (OHC Overhead Camshaft) permite à roçadeira Honda UMK450 uso em qualquer posição (360º). Seus componentes internos essenciais como rolamentos da ponteira de transmissão, dotados de tratamento térmico especial, proporcionam uma longa vida útil.

A roçadeira Honda está apta a trabalhar com combustível com mistura de até 27% de etanol na composição da gasolina, fruto de desenvolvimento no tratamento de todos componentes que entram em contato com o combustível, melhorando a autonomia e durabilidade destes ítens.

O fato de dispensar o uso de óleomisturado ao combustível resulta em operação simplificada de abastecimento do tanque, com capacidade de 630 ml, e também grande economia em comparação à concorrentes que usam motores 2 tempos, economia tanto no tempo de abastecimento quanto no custo.

Ideal para uso em atividades intensivas e pesadas como o corte/poda às margens de rodovias ou em extensas áreas verdes urbanas ou rurais, a roçadeira Honda UMK450 tem preço sugerido de R$ 2.360,00 e pode ser encontrada a partir de maio de 2019 em todas as concessionárias Honda credenciadas para a venda de Produtos de Força de todo Brasil (consulte: www.honda.com.br/concessionarias)

*em comparação com motor 2 Tempos

Sobre a Honda no Brasil: Em 1971, a Honda iniciava no Brasil as vendas de suas primeiras motocicletas importadas. Cinco anos depois, era inaugurada a fábrica da Moto Honda da Amazônia, em Manaus, de onde saiu a primeira CG, até hoje o veículo mais vendido do Brasil. De lá para cá, a unidade produziu mais de 24 milhões de motos, além de quadriciclos e de motores estacionários que formam a linha de Produtos de Força da Honda no País, também composta por motobombas, roçadeiras, geradores, entre outros. Para facilitar o acesso aos produtos da marca, em 1981 nasceu o Consórcio Honda, hoje a maior administradora de consórcios do mercado nacional, que faz parte da estrutura da Honda Serviços Financeiros, também composta pela Seguros Honda e o Banco Honda. Dando continuidade à trajetória de crescimento, em 1992 chegavam ao Brasil os primeiros automóveis Honda importados. Em 1997, a Honda Automóveis do Brasil iniciava a produção do Civic, em Sumaré (SP), de onde já saíram mais de 1,8 milhão de veículos. A segunda planta de automóveis da marca, construída na cidade de Itirapina (SP), concentrará, a partir de 2021, toda produção dos modelos locais, enquanto a unidade de Sumaré se consolidará como centro de produção de motores e componentes, desenvolvimento de automóveis, estratégia e gestão dos negócios do grupo Honda. Durante esses anos a empresa também inaugurou Centros Educacionais de Trânsito, de Treinamento Técnico, de Distribuição de Peças e de Pesquisa & Desenvolvimento. Estruturou uma rede de concessionárias hoje composta por aproximadamente 1.300 endereços. Em 2014, em uma iniciativa inédita no segmento, a Honda inaugurou seu primeiro parque eólico do mundo, na cidade de Xangri-Lá (RS). O empreendimento supre toda a demanda de energia elétrica da fábrica de Sumaré, reduzindo os impactos ambientais das operações da empresa. Em 2015, a Honda Aircraft Company anunciou a expansão das vendas do HondaJet, o jato executivo mais avançado do mundo, para o Brasil. Saiba mais em www.honda.com.br e www.facebook.com/HondaBR

Fonte: Inforex

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar
Fechar