INDÚSTRIA

SomaFlux traz para o Brasil compressores que auxiliam indústrias de bebidas a saírem do vermelho

O setor industrial de bebidas brasileiro prevê a migração do cenário de retração para o de investimentos em 2019. Entre as principais aquisições projetadas pelas empresas estão as de tecnologias que possibilitam o aumento da produtividade e a redução de custos na produção, principal gargalo para a lucratividade das mesmas.

O setor industrial de bebidas brasileiro prevê a migração do cenário de retração para o de investimentos em 2019. Entre as principais aquisições projetadas pelas empresas estão as de tecnologias que possibilitam o aumento da produtividade e a redução de custos na produção, principal gargalo para a lucratividade das mesmas.

Impulsionado por este cenário positivo do setor de bebidas e do mercado industrial como um todo, o Grupo catarinense Soma Sul anuncia a criação de uma nova empresa especializada e focada em equipamentos de controle de fluxo: a SomaFlux (Soluções e manutenção em equipamentos de fluxo), que representará e distribuirá a marca americana de compressores, sopradores e bombas de vácuo Gardner Denver. A fabricante é hoje uma das três maiores do mundo na comercialização de equipamentos que possibilitam redução de custos de energia elétrica.

“Por meio de sua avançada engenharia foi desenvolvido um grande portfólio com produtos que trazem vantagens para este mercado. Podemos citar o reaproveitamento do gás CO2 gerado na produção de cerveja, que pode ser comprimido e utilizado em outros processos”, explica o gerente comercial da SomaFlux, José Luiz Bastos.

Segundo Bastos, o gás CO2 pode ser reutilizado para a produção de refrigerantes, por exemplo. “As empresas deste segmento consomem muito deste gás e o mesmo é extremamente oneroso no processo de produção. Quando não reaproveitado através da captação e compressão, é necessária a compra do mesmo, o que gera um custo a mais aos fabricantes, impactando diretamente no preço final do produto”.

Há outras soluções que permitem redução de custos no processo de produção, como compressores para geração de ar comprimido, que é uma das energias vitais dentro da indústria e os com dispositivos especiais que geram nitrogênio, que são essenciais nas linhas de envase. “Existem também os compressores de baixa pressão (7 bar) e de média pressão (40 bar) isentos de óleo para produção de garrafas PET e por último os sopradores, responsáveis pelo transporte de matéria prima e para o tratamento de efluentes”, complementa.

A otimização de recursos não para por aí com os compressores. No processo de compressão do ar é possível reaproveitar 95% do calor produzido para o aquecimento da água utilizada na lavagem de garrafas.

Além da Gardner Denver, a SomaFlux ofertará ao mercado produtos da marca norte americana Graco, líder mundial no segmento especializado em sistemas de engraxe, lubrificação e bombas de transferência de líquidos. “Decidimos ampliar mercado com a SomaFlux devido à alta procura por soluções otimizadas e eficiência. Em 2019, o setor aguarda mais investimentos e por isso nossa meta de crescimento é de 50%”, afirma o diretor Gilberto Dick.

Além das aplicações no segmento de bebidas, os produtos trazidos ao país pela SomaFlux atendem companhias de alimentos, cimenteiras, metalúrgicas, indústrias de plástico, química, automotiva, papel / celulose, madeireiras, farmacêuticas, etc.

A SomaFlux tem sua sede localizada em Curitiba, com uma área de mais de 2.000 m2. Possui toda uma estrutura voltada para atendimento especializado em serviços, com capacidade de efetuar reparo em equipamentos de grande porte e com equipe altamente qualificada, pronta para tornar-se referência em prestação de serviço na região Sul do país. A empresa também está com vagas abertas para contratação de profissionais.

Conheça: www.somasul.com.br

Para fotos: FOTO COMPRESSOR GARDNER DENVER

Fonte: Inforex

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar
Fechar