CONSTRUÇÃOINDÚSTRIA

Tópico apresenta novo posicionamento e leva realidade virtual à Intermodal South America

Empresa aproveita os 40 anos completados neste ano para apresentar novo posicionamento no mercado. Além disso, levará à feira óculos de realidade virtual para que clientes possam vivenciar diferenciais das infraestruturas flexíveis que oferece

Líder nacional no segmento de infraestruturas flexíveis para armazenagem e cobertura, a Tópico apresentará, semana que vem, durante a 25ª Intermodal South America, o novo posicionamento da empresa no mercado, aproveitando o aniversário de 40 anos no Brasil – completados neste ano. A companhia, que detém mais de 65% do mercado nacional, tem por objetivo consolidar a imagem da infraestrutura flexível como alternativas às construções de alvenaria, ofertando projetos de engenharia seguros, duráveis, com agilidade e melhor custo-benefício.

“A dinâmica dos mercados globais, as incertezas e os altos custos do nosso País desafiam os gestores a buscar soluções cautelosas para o crescimento. Assim, as empresas passam a preferir um supply chain mais flexível. A Tópico oferece layouts modulares para atender aos desafios impostos aos clientes de forma a fazê-los prosperar”, afirma o diretor Comercial e de Marketing (CCO), Sérgio Gallucci Parisi.

Dentro do novo posicionamento, que pretende melhorar o awareness da marca – e, consequentemente, a percepção de solidez e durabilidade dos produtos ofertados – a Tópico renomeou a linha de produtos, buscando a denominação no alfabeto grego, possibilitando um entendimento mais direto objetivo e de reconhecimento mundial.

As soluções passam a se chamar Beta (estrutura tubular de aço e lona, de montagem mais ágil, indicada para demandas de períodos mais curtos), Gama (mais robusta, com vãos maiores e para períodos mais longos), Zeta (armazenagem de urgência para clientes que possuem menos espaço) e Delta (soluções customizadas de acordo com a necessidade do cliente). As linhas Beta, Gama e Delta contam com a Plataforma Plus (com fechamento em zinco, esteticamente mais sólida, mais segura, com maior conforto térmico e menos manutenção).

“As estruturas flexíveis e modulares – que tanto podem ser para utilização permanente como temporária – são ideais para atender às demandas de armazenagem e coberturas dos mais variados tipos, de forma a atender rapidamente à demanda e aos desafios do aumento de produção”, acrescenta Gallucci.

No comparativo às construções de alvenaria, por conta do processo de elaboração de projeto de engenharia, aprovação, emissão de laudos técnicos, início da obras, entre outras etapas, levam, no mínimo, 18 meses para serem concluídas. Em contrapartida, as infraestruturas flexíveis são instaladas, em média, de 15 a 30 dias e precisam apenas de 30 dias para emissão do laudo de inspeção do Corpo de Bombeiros.

Outras vantagens – Além de todos esses fatores positivos, as infraestruturas flexíveis são projetadas e atestadas por engenheiros, entregues com certificado de qualidade validado pelo IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas). A Tópico oferece ainda equipes de alta performance para realizar a manutenção para danos de qualquer natureza. As estruturas suportam ventos de até 120 km/hora, podem receber climatização, janelas e fechamentos semelhantes a qualquer projeto de alvenaria convencional.

“Geralmente, pela rapidez da montagem e pelo material, somos questionados sobre a resistência do produto. Mas além de super resistente, a lona (importada da França e China) possui tratamento anti UV, é impermeável e autoextinguível, ou seja, não é inflamável. E a montagem, inclusive do teto – que pode receber maior ou menor incidência de luz – garante melhor exploração do galpão dependendo da finalidade”, acrescenta Gallucci.

Tour 360º – Durante os três dias de Intermodal – que acontece de 19 a 21 de março, em São Paulo – os visitantes presentes na feira poderão conhecer in loco um terminal com estrutura flexível localizado no Porto de Santos e construído pela Tópico, por meio de um óculos 3D que proporciona visão 360º e realidade virtual. Durante a visita virtual, poderão acompanhar o processo de armazenamento de papel, celulose e plastico para exportação.

“Vamos convidar os clientes a entrar na Era da Infraestrutura flexível, por meio dessa visita virtual. E a Intermodal é estratégica para essa ação, porque possibilita contato com nossos stakeholders e amplia a possibilidade de novos negócios.”, conclui Gallucci.

Sobre a Tópico

Fundada há 40 anos, a Tópico é a empresa líder no mercado nacional no segmento de infraestruturas flexíveis. Com mais de 2,5 milhões de m² instalados, a empresa – que vende e aluga galpões flexíveis – contabiliza mais de 800 empresas em carteira, sendo a maioria indústrias dos mais diversos setores, agronegócio, empresas de logística, infraestrutura e serviços em geral.

Com fábrica própria e centro de distribuição localizados em Embu das Artes, São Paulo, a empresa também possui seis filiais espalhadas pelo País: em São Paulo (capital), Itaguaí (RJ), Contagem (MG), Joinville (SC), Simões Filho (BA) e Parauapebas (PA). Em 2014 a empresa, que era familiar, fundiu-se e após deu início a entrada no Private Equity Fund, Southern Cross Group (fundo latino americano presente em seis países), e iniciou um processo de profissionalização.

Quer saber mais sobre as soluções? acesse www.topico.com.br.

Fonte: Inforex

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar
Fechar