INDÚSTRIA

Zanlorenzi conquista certificação para compor o seleto grupo de Empresas B

Uma das principais indústrias de bebidas do país é agora também uma empresa certificada pelo Sistema B, movimento global para promoção de impacto positivo na sociedade e no meio ambiente

Para uma empresa B (B Corp), sucesso não está ligado à capacidade de obter lucros, mas sim à capacidade de promover desenvolvimento social e ambiental. Este conceito é a base da criação do Sistema B, um movimento mundial composto por empresas que atendem aos mais altos padrões de desempenho social e ambiental, atuando com transparência e responsabilidade na condução de seus negócios.

A Zanlorenzi Bebidas é uma das 2.500 empresas no mundo e 140 no Brasil a receber a certificação, que se estende automaticamente aos produtos da marca Campo Largo. Para tanto, passou pela auditoria do B-Lab, uma organização sem fins lucrativos, com sede nos Estados Unidos, que avalia a relação das empresas com o meio ambiente, colaboradores, clientes, comunidade e também práticas de governança corporativa.

“A certificação é o resultado do compromisso que sempre tivemos com o desenvolvimento de negócios sustentáveis,” afirma Giorgeo Zanlorenzi, presidente da Zanlorenzi Bebidas. “Historicamente, nossa empresa é reconhecida pela sua preocupação em promover um ambiente saudável, através das bebidas que produzimos e também de nossas práticas.”

Segundo o executivo, essas práticas estão no DNA da empresa, que há mais de 75 anos vem expandindo sua atuação, ampliando o portfólio de bebidas saudáveis, apoiando a agricultura familiar e valorizando transparência e excelência em toda a sua cadeia produtiva.

“Toda esta movimentação reflete em nossos stakeholders: consumidores, investidores, fornecedores, colaboradores. Todos são positivamente impactados por estarem se relacionando com uma empresa consciente, transparente, responsável e comprometida com um plano de desenvolvimento contínuo.”

Para o consultor e co-líder da Comunidade B Paraná, Paulo Cruz Filho, ao analisar cada uma das áreas durante o processo, já era possível notar que a companhia tinha o perfil de Empresa B. “Desde o início da avaliação percebemos que o nível de consciência e responsabilidade social é consenso entre diretores, gerentes e colaboradores de base. Este alinhamento é muito importante”, afirma Paulo. Ele ainda destaca o ponto que mais chamou sua atenção. “Uma prática que contribuiu com a pontuação é a ampliação da licença paternidade de 5 para 15 dias. Trata-se de uma ação que já fazia parte da cultura da empresa e que reforça a preocupação com os funcionários.”

A Zanlorenzi Bebidas iniciou o processo para obtenção da Certificação B em julho de 2018, sendo aprovada em um sistema de pontos após rigorosa avaliação. Para se manter no grupo de empresas B, precisará passar por novas qualificações a cada 3 anos.

Uma marca com certificação B

Atualmente a Zanlorenzi fabrica 115 diferentes rótulos, sendo que a Campo Largo é a principal marca da empresa. Detentora do maior portfólio de bebidas saudáveis do mercado, a Campo Largo é reconhecida pela produção de sucos 100% integrais, além de apresentar chás orgânicos, chás funcionais, água de coco e uma linha de kombuchas, bebida fermentada à base de chá verde.

Novo paradigma

Criado em 2012, o Sistema B existe para mudar paradigmas, articulando a existência de uma comunidade de empresas que usam o poder dos negócios na resolução de problemas sociais e ambientais. A certificadora do sistema é a B Lab, uma organização sem fins lucrativos que avalia as B Corps (siga em inglês para definir as empresas com triplo impacto positivo: ambiental, social e econômico) no mundo.

“Entrar para a comunidade de Empresas B é firmar um compromisso social e contribuir com a construção desta nova economia mais inclusiva e mais sustentável. Assim, a Zanlorenzi junta-se a uma comunidade global que objetiva redefinir o sucesso na economia para fazer a diferença, não apenas visando o êxito financeiro, mas também o bem-estar da sociedade, das pessoas e do nosso planeta”, afirma Marcel Fukayama, co-fundador e diretor executivo do Sistema B Brasil.

Práticas de empresa B

Agricultura Familiar: A matéria prima utilizada na industrialização das bebidas produzidas pela empresa é proveniente da agricultura familiar, sendo que as lavouras ficam em São Marcos (RS). Lá, a Zanlorenzi oferece amplo apoio a mais de 2 mil famílias, o que envolve acompanhamento técnico, do plantio à colheita; disponibilização de mudas; consultoria para expansão de negócios e capacitação para boas práticas ambientais.

Reaproveitamento de matéria-prima: Durante a cadeia produtiva das bebidas, não são todas as partes das frutas e vegetais que se transformam em suco, sendo necessário o descarte de cascas, sementes e cabos. Para garantir o melhor aproveitamento dos insumos, tudo o que é descartado é utilizado em processos de compostagem e co-processamento, gerando adubo e alimento para os animais.

Gestão de resíduos Industriais: Todos os produtos Zanlorenzi utilizam, prioritariamente, insumos recicláveis, gerando o menor impacto possível para o meio ambiente. A empresa ainda realiza o co-processamento de resíduos sólidos, para que sejam descartados o mais próximo possível de seu estado inicial.

EuReciclo: Parceria com o EuReciclo, instituição que certifica a compensação ambiental das embalagens que a Campo Largo coloca no mercado. Uma porcentagem das vendas anuais da empresa também é destinada para as cooperativas de reciclagem, garantindo que o volume equivalente a toda a embalagem utilizada na empresa seja reciclado e não gere impacto para o meio ambiente.

Educação para uma vida mais saudável: A Zanlorenzi acredita que, quanto mais cedo as crianças aprendem sobre a importância da alimentação saudável e da sustentabilidade, mais conscientes e responsáveis elas crescem. Para multiplicar este conceito, a empresa recebe alunos de escolas de sua região para conhecerem as suas instalações e aprenderem sobre saúde e sustentabilidade de uma maneira deliciosamente divertida.

SOBRE A ZANLORENZI

Do campo para a mesa, seguindo as melhores práticas de produção, o que inclui máximo respeito às matérias primas e ao produtor. Assim atua a Zanlorenzi desde sua fundação, em 1940, quando iniciou uma produção familiar de vinhos, em São Marcos, RS. Hoje a empresa possui uma das maiores termovinificações do país, com capacidade para estocar até 30 milhões de litros e processar até 150.000 quilos de fruta por hora. Toda esta produção é encaminhada para a mais moderna linha de envase da América Latina, localizada em Campo Largo, no Paraná, numa planta de 14 mil m², com capacidade de envasar 55 mil garrafas por hora, em um processo 100% automatizado.

Mesclando alta tecnologia e respeito às tradições, a Zanlorenzi apoia 2.000 famílias agricultoras da região Sul, fornecendo auxílio técnico para que sejam fornecedoras de frutas e vegetais. O portfólio de produtos Campo Largo e Zanlorenzi pode ser encontrado nos portais www.vemprocampo.com.br e www.zanlorenzi.com.br.

Fonte: Inforex

 

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar
Fechar