SERVIÇOS

iFood chega a 26,6 milhões de pedidos no mês de novembro

O iFood fechou o mês de novembro com o aumento de 116% no número de pedidos em comparação com o mesmo período no ano anterior, apresentando um avanço de 12.3M em novembro de 2018 para 26.6M em novembro 2019. A empresa segue com sua estratégia de expansão, ampliando a quantidade de cidades atendidas de 459 para 912, uma alta de 98% em um ano. Em relação a operação logística, dentro do modelo full service, ou seja, em que se usa a eficiência logística da empresa, houve um aumento de 563% no crescimento de pedidos com um salto de 980 mil (nov 2018) para 6,5 milhões de pedidos (nov 2019). O avanço também aconteceu na base de restaurantes parceiros, que saíram de 52 mil para 131,3 mil, um crescimento de 151%. Os resultados reforçam a confiança e maturidade da foodtech como fomentadora da economia compartilhada e contribuição a todo um ecossistema.

“Nosso foco é agregar a cadeia de valor ao universo da alimentação. Por isso, a empresa está cada vez mais comprometida com o crescimento sustentável de todas as pontas. O movimento de aumento de pedidos em 116% nesse período, na plataforma, consolida um modelo de negócio que impacta positivamente a todo o ecossistema – restaurantes, que conseguem crescer até 50% nos primeiros meses quando entram no aplicativo, com a impulsão ao empreendedorismo e geração de emprego e renda” reforça Diego Barreto, CFO do iFood.

Ranking dos mais pedidos

Não só de hambúrguer e pizza vive o movimento de uma food delivery. No mês de novembro, o iFood registrou um aumento significativo na categoria de comida saudável. O consumo de saladas, por exemplo, alcançou mais de 2,5 milhões de pedidos. São Paulo e Rio de Janeiro puxam o hábito saudável no ranking das cidades, que inclui ainda Belo Horizonte e Brasília.

“Com presença do iFood em quase mil cidades e o uso de inteligência artificial focada em alimentação, há também o avanço no entendimento de perfil e hábitos de consumo do brasileiro e, consequentemente, conseguimos personalizar cada vez mais a experiência do usuário na plataforma”, completa Diego.

Fonte: Inforex

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar
Fechar